Deixe um comentário

Mais ricos do que pensávamos…

Com o humor inteligente que o caracteriza, Ricardo Araújo Pereira veio há pouco aliviar-nos a consciência e o negrume destes dias pesados que nos vão marcando o passo do nosso descontentamento.

Afinal que país mais no mundo dá posse aos seus cidadãos de um banco e uma ilha? Sim, nossos, só nossos, meu e seu; banco e ilha?!

Claro que o negócio, como qualquer negócio, não é logo rentável. Temos que ter paciência, muita paciência. Mais dia menos dia aquilo começa a dar e então é que vamos ver quem é que vai comer mais banana e quem tem mais PPR’s a forrar a sala, hall e casas de banho; e quem mais se poderá dar ao luxo de substituir o papel higiénico por títulos da dívida pública de suave textura e aroma inebriante.

Mas o R.A.P. não aprofundou convenientemente todos os valores da nossa alegria colectiva. E não deveria ter descurado outros bens de inestimável valor há longos anos colocados à nossa disposição.

Faltou a cerejinha no topo do bobo, perdão, do bolo.

Como resistiríamos a estes tempos que nos avassalaram – PREC’s, revoluções e contra-revoluções, troikas e trikas, déficit’s e dívidas? – Como poderíamos ter resistido a tudo isto sem um bobo que nos enchesse a pança de riso? Sim, porque rir faz bem. Não chega ser rico. É preciso usufruir também de momentos de prazer e alegria.

Afinal temos também um bobo. Bobo numa versão mais arcaica; palhaço numa perspectiva mais actual. E como todos os palhaços, o palhaço pode ser rico ou pobre. O nosso é assim uma espécie de camaleão: rico quando se refastela à sombra da bananeira rindo dos cubanos e dos bastardos do Continente e pobre quando, de mão estendida, aparece por Lisboa em busca dos créditos e amparos que o fazem rico no bananal.

Confesso: eu gosto de bananas!

Mas se há coisas com que efervescentemente embirro é que me façam de banana e me tomem por palhaço parvo.

A. João….!

Jardineiro da Madeira…!

Você vai ter que enfiar a banana não sei onde. Mas garanto-lhe que qualquer cubano aqui do “Contnente” lhe garante o lugar certo onde lhe dar bom uso. E com garantia de que não voltará a despejar mais dejectos sobre a nossa também já miserável paciência.

Faça favor…!

PC

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: