1 Comentário

Em busca de um país que falta …

Sem tempo…

Ando para me entender desde 1143, quando o Afonso decidiu que não haveria de ser castelhano e cogitou mal a ideia na sua essência, batendo, desalmadamente, na mãe.

Ao tempo, e do pouco que se sabe, os patrícios – vulgares cidadãos, também denominados arraia-miúda – pouco mais tinham para ostentar que a sua vulgar existência, o que, passados séculos, permanece quase tudo na mesma.

Arrebanhados como gado para fazer as guerras (em nome da Pátria; Pátria de uma boa meia-dúzia deles…) e roubados nos seus parcos haveres de frágil subsistência pela nobreza fidalga (hoje Directores Gerais, Presidentes de Instituições Públicas, Subservientes partidários, Políticos que não encontraram outra profissão, e etc.) que inventou o desprezo pelo trabalho para não fazer nada na vida, e assim viveram por séculos a fio, exercitando o engenho e a arte da sobrevivência.

E nós, macambúzios e seres inertes, lá vamos cantando e rindo, invejando o bom poiso alheio, sem arte nem raiz de pensamento que valha um murro na mesa, senão no focinho do fidalgo que nos cavalga altivo e sobranceiro, rindo e lambuzado-se na gordura do carneiro.

VAI POVO!!

Pelo menos uma vez na vida ergue-te e diz: BASTA!!!!

900 anos de besta de carga, CHEGA!!!

Esquece as cores com que te querem dividir, fazendo crer que há inimigos entre os nossos iguais.

Há inimigos, sim …!!!

Mas têm todos a mesma cor e estão todos do mesmo lado; do lado da cor do dinheiro, da influência, do compadrio e do desprezo por ti, “…povo imbecilizado e bando de carneirada…”, na perspectiva longínqua mas sempre actual do Eça.

VAI POVO !!

PELO MENOS UMA VEZ NA VIDA, ERGUE-TE E AFIRMA QUE TAMBÉM ÉS PORTUGUÊS E SOFRES DA MESMA FOME DO FIDALGO.

VAI E ARREMETE CONTRA ESTA PEÇONHA DE INÚTEIS  QUE TE CONSOME VAI PARA NOVE SÉCULOS DE VILIPÊNDIO …!!!

VAI EM FRENTE AGORA E DESTA VEZ SEM OLHAR MAIS PARA TRÁS…!

VAI…!

VAMOS…!

BASTA DE VERGONHA .

Pedro Cabrita

Anúncios

One comment on “Em busca de um país que falta …

  1. Não costume comentar na net. Mas neste caso quero agradecer ao autor o descernimento com que ainda consegue ver este povo, este país e as futilidades actuais. Grata,

    H. Gonçalves

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: